miércoles, 27 de febrero de 2008

Solo tú y yo sabemos lo que nos pasó...



Há letras de canções que parecem ter sido feitas só para quem sabe o que aconteceu. Ouço esta e me imagino abraçado a dançar uma salsa com uma pessoa que já não está, o telefone não tocará mais e eu me mantenho no silencio das lembranças até embarcar no infinito dum futuro sorridente...estou em paz...

"El tiempo es como un ave que se detiene a veces, antes de volar..."

1 comentario:

zeni dijo...

"eu me mantenho no silencio das lembranças até embarcar no infinito dum futuro sorridente...estou em paz..."

E há frases que parecem ser compreendidas só para quem está a viver algo semelhante...